Este é um artigo que fiz na disciplina de Sociologia do curso de Arquitetura e Urbanismo da Uniasselvi de Timbó. O artigo não aborda somente o conceito de mobilidade, mas traz também uma crítica ao que acontece nos dias atuais e como lidamos sobre este assunto de verdade.

 

O arquiteto hoje traz para a sociedade projetos em que todas as pessoas são levadas em consideração, desde aquelas que tenham alguma deficiência até pessoas consideradas “normais”. Na arquitetura através da acessibilidade, da mobilidade e da sustentabilidade num conjunto, formam projetos arquitetônicos que sejam acessíveis para todos. Através de análises e pesquisas feitas na região percebemos o quão importante é para essas pessoas andarem com conforto e segurança em seus trajetos. Sendo assim a partir de mudanças do nosso estilo de vida e cooperação do governo para que seja investido ainda mais nas cidades e nas futuras construções, é que um dia poderemos alcançar uma plenitude nos meios de locomoção para todos da sociedade sem exceções.

 

Categories:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias