A Psicologia na vida do Arquiteto

Este é um artigo feito por Kelly Borba, acadêmica da disciplina de Psicologia Organizacional do curso de Arquitetura e Urbanismo da Uniasselvi de Timbó. Aborda a relação entre duas áreas específicas: arquitetura e psicologia.

Hoje em dia é clara a presença da psicologia em todas as organizações e áreas de atividades. A arquitetura é uma dessas áreas, pois não só utiliza teoricamente o estudo do comportamento do ser humano, mas principalmente aplica de forma prática em seu dia a dia. Mesmo havendo inúmeras situações e casos relacionados ao comportamento e influências características de cada pessoa, o arquiteto busca de diversas formas adquirir as informações necessárias para poder criar o programa de necessidades e atendê-lo de acordo com as instruções do cliente, seja por meio de perguntas, ou de croquis que visam facilitar o entendimento entre ambas as partes, para assim poder começar a fazer o projeto. Desta forma fica clara a relação entre as duas áreas, sendo que, assuntos abordados em psicologia são muito utilizados na arquitetura, muitas vezes sem que haja essa percepção.

[scribd id=242658726 key=key-Jt1v8KmeqIMdvDLCelR4 mode=book]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>