Este é um artigo feito por Kelly Borba, Janaina Cristovão, Manuela Lais Beninca e Keila de Fátima Gaio, acadêmicas da disciplina de Engenharia Econômica e Finanças do curso de Arquitetura e Urbanismo da Uniasselvi de Timbó. Faz uma análise financeira dos últimos 20 anos da empresa Petrobras.

 Atualmente é muito importante o papel das empresas de energia, como a Petrobrás, quando o assunto é sustentabilidade, pois sua atuação interfere diretamente ao meio em que ela se encontra, e com isso gera inúmeras situações que afetam tanto a sociedade como o meio ambiente. Sendo o arquiteto um dos profissionais responsáveis por projetos sustentáveis, o mesmo também possui papel fundamental nesse processo. Uma breve análise financeira da Petrobrás nos últimos 20 anos demonstra que a empresa apresentou resultados sólidos neste período, porém apresentando também um alto endividamento. Nos últimos 10 anos houve um grande aumento em seu valor de mercado, pricipalmente em 2007 com a descoberta do Pre-sal, mesmo assim apresentando uma queda nos anos seguintes, mas sempre mantendo seu lucro líquido estável. Desta forma, analisando seus investimentos com meio ambiente, pode-se concluir que, mesmo apresentando quedas de valor de mercado e também no lucro líquido, a empresa continua com investimentos altos em meio ambiente, aparentemente cumprindo com seu papel de empresa sustentável.

[scribd id=242659680 key=key-fd2P9ZmrI1zLRL8bvAKG mode=scroll]

 

Categories:

One response

  1. Bela conclusão: “Desta forma, analisando seus investimentos com o meio ambiente, pode-se concluir que, mesmo apresentando quedas de valor de mercado e também no lucro líquido e mesmo com alto endividamento, a empresa continua com investimentos altos em meio ambiente, aparentemente cumprindo com seu papel de empresa sustentável”

    Mas merece uma atualização não é mesmo? Corrupção e má administração estão levando tudo para o buraco. Sem contar que o preço das commodities, e o petróleo é uma delas, está incrivelmente em baixa.

    Eu não sei, mas cansam de dizer que a petrobrás é uma empresa do brasileiro. Deve ser mesmo, pois é o brasileiro que, no final, vai pagar a conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias